RJ: após noite violenta, polícia faz operação no Complexo da Pedreira

Um soldado do Exército foi baleado quando passava pela região; 7 ônibus foram incendiados após disputa entre criminosos da Pedreira e do Chapadão.

  • RIO DE JANEIRO
  • Matheus Nascimento, do R7*
Ônibus foram incendiados por traficantes

Ônibus foram incendiados por traficantes

JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO 04.10.2019

A Polícia Militar faz uma operação no Complexo da Pedreira, na manhã desta sexta-feira (4), após uma disputa de território entre traficantes do Chapadão e da Pedreira.

Na noite de quinta-feira (3), um soldado do Exército foi baleado nas costas quando passava de carro na avenida Pastor Martin Luther King, nas proximidades do complexo, em Costa Barros, zona norte do Rio de Janeiro.

Ele foi socorrido para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Irajá, também na zona norte, e depois levado para o hospital Getúlio Vargas, onde passou por exames. Ele está consciente.

A noite de ontem foi de intenso tiroteio entre traficantes do Complexo do Chapadão, que disputam o controle da venda de drogas e invadiram o Complexo da Pedreira. Nesta manhã, a favela amanheceu com a ocupação da Polícia Militar.

O Bope (Batalhão de Operações Especiais) deu apoio ao 41ª BPM (Irajá). Segundo a PM não há relatos de mortos, mas segundo moradores da região, traficantes e mototaxistas foram vitimados.

Sete ônibus foram queimados durante o confronto e as carcaças dos veículos permaneciam na região até esta manhã. 

A estação de metrô Engenheiro Rubens Paiva chegou a fechar devido aos tiroteios na noite de quinta, mas nesta manhã funciona normalmente sem qualquer alteração.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *