PM e suspeito de latrocínio morrem em troca de tiros na zona rural de Cruzeiro, SP

Segundo a Polícia Militar, homem estava foragido por duplo latrocínio em Piquete. Durante a abordagem, no bairro do Batedor, houve troca de tiros.

Por Do G1 Vale do Paraíba e região

13/06/2020

Sargento Fábio Henrique Neves, morto durante troca de tiros em Cruzeiro — Foto: Divulgação/Polícia Militar
Sargento Fábio Henrique Neves, morto durante troca de tiros em Cruzeiro — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um sargento da Polícia Militar e um homem suspeito de cometer um duplo latrocínio morreram durante uma troca de tiros na madrugada deste sábado (13), na zona rural de Cruzeiro.

A PM afirma que recebeu denúncia sobre o local de um homem procurado pela morte de pai e filho em Piquete, em novembro de 2019. O suspeito também tinha mandados de prisão por roubo e por receptação.

Ao chegar no bairro Batedor, na altura do km 233, da rodovia SP-52, o homem teria reagido à ordem de prisão e atirado contra os policiais.

O sargento Fábio Henrique Neves foi atingido no pescoço e chegou a ser levado à Santa Casa de Cruzeiro, mas não resistiu. O suspeito também foi baleado durante a perseguição e morreu no local.

Em nota, a Polícia Militar informou que o sargento estava na corporação há 27 anos. Ele era casado e pai de cinco filhos.

A Polícia Civil já havia prendido dois suspeitos pelo latrocínio, mas ainda procurava um dos suspeitos. As prisões foram realizadas em Delfim Moreira (MG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *