Moradora do Pará Faz Busca Incansável Pelo Pai.

Foto: Arquivo Pessoal

Mais um Trabalho da Voluntária Ironi Ribeiro com a ONG Busca Brasil.

Uma moradora da cidade de Peixoto de Azevedo no Mato Grosso, de nome Jucelene Alves, com a ajuda da página da voluntária Ironi Ribeiro Godinho, que faz parte da ONG Busca Brasil. E vem ajudamos familhares nas buscas por pessoas desaparecidas, e não seria diferente neste caso da Jucelene.

Em um texto postado nas redes sociais ela diz o seguinte:

Lembro desta data com muita tristeza, Pois Joacir, fazia aniversário no dia 28 só um dia antes do seu, isso sempre me doeu desde o dia que ele faleceu. Eu tenho vivido em uma busca sem fim, sei que desta vez está mensagem vai lhe trazer até a mim, e vamos viver o resto de nossas vidas juntos, sem mais esta angústia que me consome, é um vazio tão grande parece que a tristeza do mundo todo está dentro de mim. 😭😭😭😭😭 Peço a todos que lerem esta mensagem até aqui, que não deixem ela parada, compartilhem, sem medir esforços para que chegue até ao meu papaizinho, de nome José Neto Muniz, que aqui tinha apelido de Cabeludo, sei que o cartório eleitoral que ele votou na ultima eleição foi na Avenida Anel do Cartorio Rodoviário,S/N, Ibirapuera no município de Vitória da Conquista-Ba. Até Breve papai! 💔💔💔💔💔…👨‍👧

” Sou Jucelene Alves Muniz, nasci na Cidade de Peixoto de Azevedo/MT, no dia 06/09/1988. Hoje moro na Cidade Cachoeira da Serra/Pará, aqui vai o meu apelo: _ Meu pai, estou aqui no mesmo lugar, todos os dias a lhe esperar. Todos os dias 29/11 e nos dias dos país você me faz chorar! Sinto a sua falta, o senhor meu pai,(José Neto Muniz), por favor me dê notícias! Tudo que sempre quis foi saber se o senhor esta feliz! O senhor saiu de casa eu tinha 14 anos, em destino á cidade de Apuí! Mas porque nunca mais voltou aqui? Eu lembro que aqui na Cachoeira da Serra o senhor tinha Apelido de Cabeludo! Quem sabe com esta dica alguém venha levar eu a saber de tudo! A última notícia que tive do senhor foi pelo seu Noel, aquele senhor conhecido seu, que tem terras ai no Apuí! Ele que me deu informação de que o senhor estava morando na beira da estrada em um barraquinha em Jacaréacanga! Não sei se esta notícia é verdadeira, ou ele só me falou porque viu minha tristeza e quis aliviar a minha alma que tanto sangra! Papai, agora eu cresci, podia dizer que não preciso mais de ti, eu tenho o meu trabalho, mas sei que cuidar do senhor nunca será um atrapalho! Quero sentar, esta sempre ao seu lado, não quero cobrar nada do senhor, só quero lhe dar todo o meu amor. Já não tenho mais a minha mãezinha, pois ha muito tempo foi morar com o nosso criador. Eu sei que o senhor faz aniversário dia 29/11. O ano não tenho certeza.

Compartilhe, essa matéria, e ajude ela á encontrar o pai, e que Deus o abençoe grandemente.

Por: Leo Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *