Homem Morador de Alagoas Procura Pela Mãe Que Não Ver a Mais de 30 Anos.

Foto de José Paulo dos Santos(Arquivo pessoal)

Após ter sido maltratado e ter passado por casas de adoções ele não perde a esperança de encontrar la.

Foto do pai de José Paulo dos Santos(Arquivo Pessoal)

Um morador de Murici no estado Alagoas, com a ajuda da página da Ironi Ribeiro Godinho, que tem ajudado na divulgação de pessoas que buscam por parentes desaparecidos, tem buscado incansavelmente a 30 anos por notícias de sua mãe biológica. Texto postado nas redes sociais ele diz o seguinte”Sou José Paulo dos Santos, procuro minha mãe biólogica, Antônia Joséfa da Conceição, sou do dia 24 /03/1988, nasci na Cidade de Murici/Alagoas. Não sei pelo qual motivo meu pai me tirou da minha mãe com a idade de um aninho, vivi 5 anos com minha avó; até ele aparecer novamente e me carregar para a Cidade de Nova Olimpia Mato Grosso. O tempo passou e junto se foi o contato da minha mãezinha. Hoje eu com 31 anos e 30 sem a minha rainha, não sei como que fui tirado da senhora, mas sei o quanto está figura angelical feminina, de maior espírito protetora me fez falta. Quantas vezes tive medo, fome e frio; sem ter ninguém para ser pelo menos a sua sombra. O sol ardia, a chuva era fria e ninguém para ser pelo menos um guarda-chuva ou uma pequena sombrinha. E na fome nem mesmo uma sopinha, o estômago se contorcia e eu imaginava aonde será que esta minha mãezinha? Dormia e acordava sem a minha melhor companhia, todas as noites eu peço a Deus que te cuide, dando-lhe vida com muita saúde, para no seus colo seja ele gordo ou magrinho, eu deitar minha cabeça e sentir o carinho das suas mãos leves que, só uma mãe têm. Quando lhe encontrar passe o tempo que passar; não pense que só quero receber; quero lhe encher de muito amor e carinho, pois na sua ausência a mãe chamada vida, me ensinou como ter amor é respeito e dar carinho; claro que não foi a pão de ló, mas a custo de muitos espinhos que muitas vezes eu chegava até ao pó, mas logo chaqualhava a poeira e levantando retomava minhas forças, dias com a alma ferida que estava. Nada impedia de pensar que um dia iria lhe encontrar e que de mim a Senhora podia estar precisando e homem feito que sou, lhe tenho o maior respeito… Beijos?? mãezinha… Até breve…❤❤❤❤????

Foto de José Paulo dos Santos quando pequeno(Arquivo Pessoal).

Veja o relato dele contando toda a sua historia no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *