Homem é morto a tiros ao tentar assaltar policiais rodoviários na Dutra em Queluz

Ele era suspeito de integrar grupo que assaltava motoristas após jogar pedras na pista.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

12/12/2019

Criminoso colocaram pedras na pista e foram surpreendidos por vítimas que eram policiais — Foto: Laurene Santos/TV Vanguarda

Criminoso colocaram pedras na pista e foram surpreendidos por vítimas que eram policiais — Foto: Laurene Santos/TV Vanguarda

Um homem foi morto a tiros ao tentar assaltar policiais rodoviários à paisana nesta quarta-feira (11) no trecho de Queluz da Dutra. Ele foi alvejado ao abordar dois policiais, que faziam um patrulhamento para coibir esse tipo de ação na rodovia. Outros dois conseguiram fugir.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem morto era suspeito de integrar um grupo que instalava armadilhas com pedras para assaltar motoristas na Dutra. A ação já era alvo de investigação dos policiais na região do Fundo do Vale.

Os policiais informaram que o grupo colocava pedras e objetos na pista à noite e, ao passar, os motoristas tinham os pneus ou carro danificados. Obrigados a pararem, eles eram abordados pelos criminosos que faziam o assalto.

Por volta das 23h desta quarta, dois policiais usavam um carro descaracterizado, quando bateram em pedras que estavam na pista na altura do Km 6 e os pneus dianteiros estouraram. Ao pararem no acostamento, foram abordados pelos criminosos que anunciaram o assalto.

Os dois policiais desceram do veículo e, ao perceber um dos suspeitos armado, atirou contra ele. Os três fugiram, mas o homem baleado não resistiu e morreu. Outros dois fugiram para uma área de mata próxima ao local. Os policiais não ficaram feridos.

Ao lado do homem morto, os policiais apreenderam um simulacro de pistola usado na ação. O caso foi registrado na Polícia Civil em Queluz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *