Home / Brasil / Vizinho soltou rojão que matou bebê no réveillon, diz mãe

Vizinho soltou rojão que matou bebê no réveillon, diz mãe

O vizinho que atirou o rojão que matou Raphaelly Alvez Rocha da Silva, de 10 meses, na noite da virada, no Rio de Janeiro, será indiciada por homicídio culposo — quando não há intenção de matar —, segundo o site do Jornal Extra. A informação foi confirmada pela publicação com o delegado da 32ª DP (Taquara), que conduz a investigação. Para a balconista Vanessa Cristina, 35 anos, a filha foi “vítima de uma fatalidade”. Segundo ela, o rojão partiu de um vizinho que soltava fogos na rua onde a família mora. Ao ser atingido, o bebê estava no colo do pai, Rafael Alves, 34, que também sofreu queimaduras nas costas. A Polícia Civil também acredita que o que houve foi um acidente e já identificou o responsável por lançar o artefato e aguarda o resultado da perícia para indiciá-lo. “A gente estava se preparando para dormir e a luz apagou, deu um blecaute. Meu marido pegou a Raphaelly no colo e levou ela para a laje da nossa casa. De repente, ele virou para o lado e viu uma bola de fogo. Foi um vizinho que estava soltando fogos na rua desde cedo. Foi um acidente, ele não queria matar minha filha”, relatou Vanessa ao jornal. A garota que morrer era a única filha do casal.

Você pode Gostar de:

Fim de semana com 39 assassinatos no Ceará e uma nova chacina em Fortaleza

Um tiroteio entre criminosos no bairro Antônio Bezerra deixou, ao menos, quatro pessoas mortas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display