Home / Brasil / Suspeito de atirar contra lutador de MMA e criança de 7 anos está foragido

Suspeito de atirar contra lutador de MMA e criança de 7 anos está foragido

Everton Fernandes, primo do suspeito de ter atirado contra as vítimas, foi preso um dia após o crime. (Foto: Divulgação/Polícia Civil) - Suspeito de atirar contra lutador e criança de 7 anos está foragido
Everton Fernandes, primo do suspeito de ter atirado contra as vítimas, foi preso um dia após o crime. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Um homem foi preso e outro está foragido, suspeitos de participar de uma tentativa de homicídio que deixou um lutador de MMA e uma criança de 7 anos gravemente feridos no último dia 26. O crime aconteceu no Bairro Alto, em Curitiba, após uma discussão por conta de uma dívida de carro.

De acordo com delegada da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Sabrina Barreiros, o suspeito de ter atirado contra as vítimas, Erivaldo Alves de Lima, estava devendo R$ 1.500 para Paulo Cesar Fernandes, em razão da negociação de um carro.  “Isso gerou uma discussão em frente à casa do Paulo, o que acabou em uma luta corporal entre os dois”, explicou a delegada.

O primo do suspeito, Everton Fernando de Sales, que estava por ali, teria se intrometido na briga, de acordo com ele para ‘apartar’ os dois. Após encerrada a discussão, Lima teria jurado que voltaria para matar o rapaz para quem estava devendo, devido a luta que aconteceu. “Horas depois o suspeito voltou armado ao local, onde diversas pessoas estavam conversando no portão. Tomado pela ira do momento, o suspeito atirou sem a menor cautela e atingiu uma criança de 7 anos na nuca e um lutador de MMA”, descreveu Sabrina.

Dias após a situação, o suspeito foi até a delegacia com a advogada e confessou a autoria do crime, alegando ter sido ‘tomado pela raiva’. “Ele foi interrogado, porém como não havia um flagrante, ele não pôde ficar preso naquela ocasião devido aos trâmites estabelecidos por lei”, esclareceu.

Sales foi preso por porte ilegal de arma de fogo no dia 27 de fevereiro, um dia após o crime, quando foi abordado pela Polícia Militar (PM). O homem também irá responder pela participação na tentativa de homicídio qualificado.

Já Lima, que teve a prisão temporária decretada, está foragido. De acordo com a sua advogada, ele não possui a intenção de se entregar e pensa até em sair do estado. “Nossa missão agora é encontrar ele, por isso pedimos ajuda para que as pessoas que tiverem informações denunciem qual o paradeiro do suspeito”. As denúncias devem ser feitas através do 0800-6431121.

Erivaldo Lima continua foragido. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Erivaldo Lima continua foragido. (Foto: Divulgação/Polícia Civil) 

Vítimas

O lutador de MMA, Carlos Alberto Oliveira, de 45 anos, teve alta do hospital na última sexta-feira (17) e se recupera bem. Já a criança, de apenas 7 anos, continua em estado gravíssimo no Hospital Angelina Caron, onde respira com a ajuda de aparelhos e apresenta um quadro de tetraplegia. “É muito sério uma criança de sete anos com a vida toda pela frente, ter esse destino trágico por um motivo tão fútil como uma dívida de R$ 1.500”, desabafou a delegada.

Informações Polícia Civil e colaboração Louise Fiala

Você pode Gostar de:

Mulher mata ex namorado porque ele ter usado Tinder

Da redação | Publicado em 15 de dezembro de 2017.   (Foto: Divulgação) Uma mulher de 25 anos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display