Home / Noticias / SP prevê vacinar mais de 630 mil contra gripe no Vale; campanha começa nesta segunda

SP prevê vacinar mais de 630 mil contra gripe no Vale; campanha começa nesta segunda

Taubaté registrou quatro mortes por Influenza desde o início do ano; a primeira etapa da campanha vai vacinar trabalhadores da saúde, idosos e indígenas.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

Cerca de 250 mil idosos deverão ser vacinados na região durante a campanha (Foto: Claudio Vieira/Prefeitura SJC)

Cerca de 250 mil idosos deverão ser vacinados na região durante a campanha (Foto: Claudio Vieira/Prefeitura SJC)

A campanha de vacinação contra a gripe tem início nesta segunda-feira (23) em todo o Estado de São Paulo. No Vale do Paraíba, a expectativa da Secretaria de Estado da Saúde é que mais de 630 mil pessoas sejam imunizadas contra o vírus Influenza.

BEM ESTAR: Campanha começa nesta segunda em todo país

As vacinas estarão disponíveis gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos municípios até 1° de junho em três etapas e, também, no Dia D – Dia da Mobilização Nacional -, que acontece em 12 de maio para todos os grupos. (veja calendário abaixo)

A meta determinada pelo Estado é vacinar pelo menos 90% do grupo prioritário. Na região, a previsão é atingir cerca de 250 mil idosos (60 anos ou mais); 140 mil crianças (de seis meses a cinco anos); 67 mil de profissionais de saúde; 25 mil gestantes e 210 mil pessoas com comorbidades – como asma, diabetes e baixa imunidade.

As três maiores cidades do Vale esperam ultrapassar a meta estabelecida, a exemplo do ano passado, quando foram vacinadas mais de 300 mil pessoas: 192 mil em São José dos Campos, 62 mil em Taubaté e mais de 65 mil em Jacareí.

Em 2017, foram 13 mortes confirmadas por gripe em Taubaté, uma em Jacareí e nenhum registro em São José. Neste ano, já foram quatro óbitos confirmados em Taubaté e nenhum nas demais cidades.

As equipes de Vigilância Epidemiológica da região reforçam a importância da vacinação contra a gripe, principalmente para os grupos de risco.

A coordenadora do Programa de Vacinação de São José , Cristina Alvarenga, afirmou que muitos ainda deixam de se vacinar por receio. “Ainda há falta de informação. No ano passado, por exemplo, a meta de vacinação para gestantes ficou um pouco abaixo do esperado. É importante ressaltar que não há riscos para as gestante e nem para os bebês”, disse.

Veja as etapas de vacinação contra gripe; vacinas para cada um dos grupos começam a ser aplicadas nas datas indicadas (Foto: Hellen Souza/Arte G1)

Veja as etapas de vacinação contra gripe; vacinas para cada um dos grupos começam a ser aplicadas nas datas indicadas (Foto: Hellen Souza/Arte G1)

Você pode Gostar de:

Idoso é torturado e morto por adolescente; assista

O jovem já esteve envolvido em vários crimes como ameaças, tentativas de homicídio e agressão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display