[wp_bannerize group="Banner Topo" random="1" limit="1"]
Home / Acidentes / Sobrevivente do atentado da maratona de Boston é atropelada nos EUA

Sobrevivente do atentado da maratona de Boston é atropelada nos EUA

Adrianne Haslet teve parte da perna esquerda amputada após sobreviver ao atentado que deixou três mortos e mais de 260 feridos. ‘Completamente quebrada’, diz ao postar foto do hospital.

Por G1

08/01/2019


Adrianne Haslet, sobrevivente do ataque de 2013 na maratona de Boston, posta foto do hospital após ser atropelada — Foto: Reprodução/ Instagram/ Adrianne Haslet

Adrianne Haslet, sobrevivente do ataque de 2013 na maratona de Boston, posta foto do hospital após ser atropelada — Foto: Reprodução/ Instagram/ Adrianne Haslet

Uma sobrevivente do ataque terrorista na maratona de Boston em 2013 foi atropelada enquanto atravessava uma avenida da cidade e está hospitalizada.

Adrianne Haslet perdeu parte da perna esquerda no atentado que deixou três mortos e mais de 260 feridos, dos quais 17 amputados.

Dançarina profissional, Adrianne estava treinando para a maratona de Boston desse ano. Segundo a rede CNN, ela completou a maratona em 2016. Em 2013, ela estava assistindo à corrida.

“Fui atingida por um carro na Commonwealth Avenue, quando atravessava na faixa. Fui jogada ao ar e cai, esmagando o lado esquerdo do meu corpo. Estou completamente quebrada. Mais cirurgias devem vir”, escreveu em sua conta no Instagram nesta segunda-feira (7).

A polícia disse ao jornal “Boston Globe” que o motorista que a atropelou afirmou que não viu Adrianne atravessando a rua porque estava escuro e chovendo.

Nesta terça, Adrianne disse que estava muito assustada e que passou por uma segunda cirurgia de mais de 8 horas.

“Foi tudo bem, apesar de estar com muita dor, estou sendo bem cuidada. Ainda não estou acreditando. Como isso foi acontecer? Eu já não passei por muita coisa? Hoje descubro minhas feridas exatas, e qual o caminho para a mobilidade”, afirmou.

O atentado de 2013 foi promovido pelos irmãos Tamerlan e Dzhokhar Tsarnaev, que detonaram bombas que estavam escondidas em suas mochilas. Tamerlan foi morto pela polícia depois de matar um policial ao tentar fugir de Boston. Dzhokhar foi preso e condenado a morte em 2015.

Você pode Gostar de:

Força Tática Detém Indivíduo Por Tráfico no Meia Lua Após Perseguição.

O indivíduo empreendeu fuga por várias ruas do bairro e acabou detido na rua Takeo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]