Home / Brasil / Questionário vai ajudar a desvendar causas de doença misteriosa na Bahia

Questionário vai ajudar a desvendar causas de doença misteriosa na Bahia

Pesquisa cruzará informações de pacientes; são 90 registros até agora

Fonte: Correio

Foto: Reprodução

Um questionário elaboradorado por infectologistas e epidemiologistas vai ajudar a desvendar a causa da doença misteriosa que já fez 90 vítimas em Salvador e Região Metropolitana. Ao menos, essa é a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que também analisa exames de sangue e urina coletados de pessoas infectadas, além da perícia de insetos e ácaros colhidos no condomínio Greenvile, no bairro de Patamares – onde os casos estão concentrados desde agosto.

Representantes da SMS e especialistas do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na Bahia, e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) decidiram, em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (22), aplicar uma pesquisa para cruzar informações acerca do estilo de vida dos pacientes e, assim, tentar compreender a origem da doença, que tem como sintomas manchas vermelhas pelo corpo, especialmente braços e pernas, além de coceira.

Conforme o infectologista e professor da Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC) de Salvador, Antônio Bandeira, que integra o grupo responsável pela investigação da doença, o questionário vai desvendar o mistério.

“Sem dúvida [o questionário] vai ser essencial para chegarmos a uma conclusão. Nós trabalhamos com três frentes, são elas a análise do material colhido no paciente, o estudo dos insetos [lepidópteros] e acaros [gênero pyemotes], além do questionário. Há a suspeita de que possa ser algo ambiental, já que a manifestação dos sintomas tem a ausência de febre e dor de garganta – o que é comum quando se trata de arboviroses”, explicou o professor.

Segundo Bandeira, autor de algumas das perguntas que devem compor o questionário da SMS, há um interesse em saber quais são os hábitos e estilo de vida de cada pessoa infectada, já que, ao menos nos 79 casos investigados pelo município, todas as pessoas moram no mesmo condomínio

 

Compartilhar:

Você pode Gostar de:

Homem é preso por assassinar e enterrar corpo de esposa no quintal de casa

Louise Fiala | Campo Largo | Publicado em 08 de novembro de 2018.   Um homem foi preso suspeito de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display