Home / Bombeiros / Quadrilha explode empresa de valores e troca tiros com a PM por 2h na Zona Leste de Ribeirão Preto, SP

Quadrilha explode empresa de valores e troca tiros com a PM por 2h na Zona Leste de Ribeirão Preto, SP

Ataque aconteceu na madrugada desta segunda-feira (29) contra a Brink’s, na região do bairro Lagoinha. Pelo menos um assaltante morreu baleado.

Por G1 e João Carlos Borda, da EPTV

Empresa de valores foi atacada por quadrilha armada na madrugada de segunda-feira (29) em Ribeirão Preto (SP) — Foto: DivulgaçãoEmpresa de valores foi atacada por quadrilha armada na madrugada de segunda-feira (29) em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Empresa de valores foi atacada por quadrilha armada na madrugada de segunda-feira (29) em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Empresa de transporte de valores é atacada por quadrilha em Ribeirão Preto
Bom Dia Cidade – Ribeirão Preto
Empresa de transporte de valores é atacada por quadrilha em Ribeirão Preto

Empresa de transporte de valores é atacada por quadrilha em Ribeirão Preto

Uma empresa de transporte de valores foi alvo de uma quadrilha fortemente armada na madrugada desta segunda-feira (29) no bairro Lagoinha, Zona Leste de Ribeirão Preto (SP). O tiroteio entre assaltantes e policiais militares durou cerca de duas horas.

Um suspeito de participar do ataque morreu baleado e a Polícia Militar realiza um cerco na região em busca do grupo. Três foram presos, sendo um deles ferido, encontrado em Serra Azul (SP). De acordo com a PM, o dinheiro não foi levado. Nenhum policial se feriu na ação.

As primeiras explosões na Brink’s foram registradas por volta de 3h. A quadrilha rendeu o frentista de um posto de combustível vizinho da empresa de transporte de valores, que foi mantido refém durante toda a ação. Em seguida, os ladrões iniciaram as detonações.

Em nota, a assessoria da Brink’s informou que “está à disposição das autoridades para eventuais esclarecimentos dos fatos” e que os funcionários que estavam no local “já receberam a devida assistência e passam bem”.

Ladrão armado com fuzil durante ataque a empresa de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: DivulgaçãoLadrão armado com fuzil durante ataque a empresa de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Ladrão armado com fuzil durante ataque a empresa de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Moradores registraram tiroteio durante ataque a empresa de transporte de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: DivulgaçãoMoradores registraram tiroteio durante ataque a empresa de transporte de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Moradores registraram tiroteio durante ataque a empresa de transporte de valores em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Relatos de moradores dão conta que foram cerca de nove explosões. A PM informou que o grupo explodiu o muro entre o posto de combustível e a Brink’s. Em seguida, os carros-fortes estacionados no pátio também foram detonados. O muro da empresa também ficou destruído.

Os barulhos das explosões foram ouvidos em diferentes regiões da cidade, como Vila Tibério, Vila Seixas, Centro, Jardim Paulista e Jardim Nova Aliança. Uma intensa troca de tiros aconteceu entre a PM e os ladrões, que estavam espalhados pelas ruas do bairro Lagoinha.

“A polícia conseguiu fazer o cerco, esses bandidos tiveram que abortar, não conseguiram concluir. Algumas explosões aconteceram, mas não conseguiram levar dinheiro nenhum”, disse o major da PM Fábio Ernesto Tasso, subcomandante do 3º Batalhão de Polícia Militar do Interior.

PM confirma morte de suspeito de ataque a empresa da valores em Ribeirão Preto
Bom Dia Cidade – Ribeirão Preto

PM confirma morte de suspeito de ataque a empresa da valores em Ribeirão Preto

Munição deflagrada durante troca de tiros entre ladrões e a PM em Ribeirão Preto (SP) — Foto: DivulgaçãoMunição deflagrada durante troca de tiros entre ladrões e a PM em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Munição deflagrada durante troca de tiros entre ladrões e a PM em Ribeirão Preto (SP) — Foto: Divulgação

Os PMs tiveram dificuldade em avançar com o cerco pelas ruas nas imediações, uma vez que a quadrilha armada com fuzis se dividiu em pequenos grupos para impedir a aproximação. Apesar da chegada da PM ao local, os criminosos ainda fizeram mais quatro explosões.

Moradores informaram que carros e caminhões foram incendiados na Rua Niterói, na marginal da Avenida Castelo Branco e no cruzamento desta com a Avenida Presidente Kennedy, para impedir a chegada da polícia. Os trechos seguem interditados e há congestionamento.

Ao menos 11 linhas de ônibus urbano deixaram de circular no início da manhã, em função do ataque à empresa de valores. Por volta de 7h, as linhas operavam com desvios pontuais, segundo informou a Transerp, empresa que gerencia o trânsito e o transporte público.

“A situação mais crítica ocorre nas linhas 730 – Parque Portinari e 703 – Parque dos Servidores, por circularem na área com maior bloqueio na região das avenidas Presidente Castelo Branco e Presidente Kennedy”, diz o comunicado enviado.

Compartilhar:

Você pode Gostar de:

Homem é preso por assassinar e enterrar corpo de esposa no quintal de casa

Louise Fiala | Campo Largo | Publicado em 08 de novembro de 2018.   Um homem foi preso suspeito de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display