Home / Brasil / PRF APREENDE 40 PISTOLAS E CENTENAS DE MUNIÇÕES NA RODOVIA PRESIDENTE DUTRA

PRF APREENDE 40 PISTOLAS E CENTENAS DE MUNIÇÕES NA RODOVIA PRESIDENTE DUTRA

 Desconfiaram da atitude do motorista de um Corolla e decidiram abordá-lo.

 

Um carregamento com dezenas de pistolas importadas e mais de mil munições foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma fiscalização na rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Itatiaia, na Região Sul Fluminense. O armamento estava escondido no carro de um casal que viajava com os filhos. O material seria entregue no Rio de Janeiro. O flagrante aconteceu no final da noite de terça-feira (28).

Policiais rodoviários federais faziam uma blitz na altura do pedágio, quando desconfiaram da atitude do motorista de um Corolla e decidiram abordá-lo. O homem, de 28 anos, estava acompanhado da esposa, de 29 anos, além de dois filhos do casal. A dupla, que viajava num carro alugado, estava bastante nervosa, o que aumentou a desconfiança. Então, os policiais iniciaram uma revista mais detalhada no veículo.

Foram encontradas 40 pistolas – calibres .40 e 9mm –, de fabricações turca, austríaca, americana e brasileira. Todas as armas estavam com a numeração raspada. Além disso, também havia dezenas de carregadores e aproximadamente 1,5 mil munições para fuzis e outras armas de uso restrito. O suspeito confessou que receberia uma quantia em dinheiro para trazer o armamento de Balneário de Camboriú, em Santa Catarina, para a capital fluminense.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), na Cidade da Polícia, no Jacaré, Zona Norte do Rio. A ação faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais.

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
Núcleo de Comunicação Social – RJ
imprensa.rj@prf.gov.br

Compartilhar:

Você pode Gostar de:

20 pessoas são presas e quatro são mortas em operação policial contra tráfico de drogas na Bahia e Sergipe

Por Jéssica / 09/11/2018 Pelo menos 20 pessoas haviam sido presas e quatro haviam sido mortas em confronto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display