[wp_bannerize group="Banner Topo" random="1" limit="1"]
Home / Bombeiros / Policial que sumiu ao entrar na mata em Piquete é encontrado morto

Policial que sumiu ao entrar na mata em Piquete é encontrado morto

Ele entrou sozinho para pescar na mata no último dia 3, e desde então, não foi mais visto. Segundo a polícia, local onde o corpo foi achado é de difícil acesso.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

14/04/2019


Valtenir saiu pra pescar na última quarta (3) e não voltou para casa — Foto: Arquivo Pessoal

Após 10 dias de busca, o corpo do policial civil Valtemir Espíndola, de 49 anos, foi encontrado na mata em Piquete, no interior de São Paulo, na tarde deste domingo (14).

Ele entrou sozinho para pescar na mata no último dia 3. Dois dias depois ele conseguiu ligar para o Corpo de Bombeiros, dizendo que estava perdido.

Segundo a polícia, o local onde o corpo foi achado é de difícil acesso e, por isso, só será removido nesta segunda-feira (15), com o auxílio de equipes da região.

Local é de difícil acesso na mata, em Piquete — Foto: Reprodução/TV Vanguarda

Trabalhos

Policiais do Comando de Operações Especiais (COE), que tem base na capital paulista, foram convocados para auxiliar as buscar nas áreas de difícil acesso na serra de São Francisco, na divisa entre São Paulo e Minas Gerais.

O trabalho desses agentes começou no domingo (7), dois dias depois que os bombeiros adentraram a mata pela primeira vez na missão. A área é de mata fechada e terreno íngreme.

Ligações

No mesmo dia que saiu para pescar, Valtemir ligou para a mãe e avisou que adiaria o retorno para casa para o dia seguinte – ou seja, quinta-feira (4). Desde então, ela não conseguiu mais contato telefônico com o filho.

Na ligação aos bombeiros, que o policial fez da mata no dia 5, ele disse que estava perto de um curso d´água.

Valtemir era policial civil, morava em Piquete e atuava na delegacia de Lorena.

Você pode Gostar de:

Força Tática Detém Indivíduo Por Tráfico no Meia Lua Após Perseguição.

O indivíduo empreendeu fuga por várias ruas do bairro e acabou detido na rua Takeo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[wp_bannerize group="Banner Rodapé" random="1" limit="1"]