Policia Militar de Jacareí Detém Sequestrador Após Acompanhamento no Centro da Cidade.

 O indivíduo percorreu uns 200 metros pela ciclovia quase atropelando pessoas que tiveram que pular para não serem atingidas.

 

Após ser comunicado via Copom na data de ontem(25), sobre uma vítima feminina de sequestro relâmpago em seu veículo Montana, a equipe da viatura I-41215, composta pelo Sd Lopes e o Sd Marcos, iniciaram patrulhamento com vistas ao veículo, onde pela Avenida se depararam com o veículo onde iniciou um acompanhamento por toda extensão da Avenida Davi Lino,inclusive o indivíduo percorreu uns 200 metros pela ciclovia quase atropelando pessoas que tiveram que pular para não serem atingidas, ao voltar para pista quase atingiu a viatura e mais a frente colidiu com 02 carros e um 01 ônibus onde foi detido com o dinheiro da vítima.

Sequestro:

O indivíduo de 19 anos de idade, rendeu a vítima que não teve a sua identidade divulgada, em uma agência bancária na Avenida Siqueira Campos. Após fazer contato com familiares da vítima, os familiares resolveram pagar a quantia exigida pelo sequestrador, mais de pronto avisaram a policia Militar. O indivíduo, recebeu o pagamento, e libertou a vítima próximo ao Parque da cidade, onde por volta das 18h00, foi avistado o veículo pela equipe Juntamente com CGP operações, se iniciaram o acompanhamento policial.

Após a colisão nos veículos citados, o indivíduo tentou fugir a pé, porém foi detido de imediato e todo o dinheiro recuperado e devolvido aos familiares. As equipes diligenciaram até a casa do indiciado para buscar documento do mesmo e ao adentrar a residência localizaram um pé de cannabis sativa(maconha), de 1,5 metros de altura.  A ocorrência foi apresentada no 1º DP, onde o indivíduo foi  indiciado no flagrante de extorção mediante sequestro/ Roubo do veiculo/ Periclitação de Vida/e no Artigo 33 da lei de Drogas/ alem do aliciamento da vitima, permanecendo a disposição da justiça para ser levado na audiência de custódia.

 

Fotos: Divulgação da Policia Militar

 

Por: Leo Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *