Home / Noticias / Jacareí / Polícia apura morte de jovem por suspeita de uso de anabolizantes em Jacareí

Polícia apura morte de jovem por suspeita de uso de anabolizantes em Jacareí

No quarto do jovem foram apreendidos frascos de anabolizantes e seringas.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

 

Polícia apura morte de jovem por suspeita de uso de anabolizantes em Jacareí

A Polícia Civil investiga a morte de um jovem de 28 anos por suspeita de uso de anabolizantes em Jacareí. Ele morreu após sofrer um infarto nesta segunda-feira (7) no bairro Jardim das Indústrias. Na casa do jovem, a polícia recolheu frascos de substância anabolizante e seringas.

Segundo a polícia, ele passou mal em casa por volta das 12h50 de segunda. O pai do jovem acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas ele não resistiu e morreu.

À polícia, a família contou que suspeitava do uso de substâncias para estimular o ganho de massa muscular. O jovem já treinava há algum tempo, mas o ganho teria sido grande recentemente.

Durante uma busca no quarto do jovem, que era engenheiro químico, foram encontrados frascos vazios da substância e seringas. Os itens foram recolhidos e encaminhados à perícia para confirmar quais seriam as substâncias. Foram colhidas amostras de sangue do jovem para confirmar se ele tinha esse tipo de hormônio no corpo. O laudo deve sair em 30 dias.

Segundo a Polícia Civil apurou, ele treinava na academia Mamuth Fit. O dono do centro de treinamento foi preso em outubro do ano passado com anabolizantes. Os produtos eram importados do Paraguai e não tinham registros na Anvisa. O valor em medicamentos apreendido com ele foi de R$ 100 mil. O homem permanece preso.

O corpo do jovem foi cremado na tarde desta terça-feira (8) em São José dos Campos.

A reportagem do G1 procurou a academia Mamuth Fitness que informou que o jovem malhava no local até dezembro de 2016. Atualmente ele já não frequentava mais o centro de treinamento.

Você pode Gostar de:

PRF RECUPERA CARRETA E CARGA NA VIA DUTRA E UM HOMEM É PRESO NA AÇÃO

A carreta que continha mercadoria não mencionada na nota fiscal foi encaminhada á Receita Federal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display