Menino de 7 anos achado morto foi vítima de estupro; padrasto foi preso por crime

Por Priscila Valente

Foto: Alberto Maraux/ SSP

Walter de Jesus Santos, de 7 anos, achado enterrado em Salinas da Margarida, na Bahia, foi vítima de estupro, de acordo com o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT), divulgado na tarde desta quinta-feira (31).

O corpo da criança foi encontrado no dia 23 de janeiro. Celso Pereira Bispo, de 42 anos, padrasto do menino, foi preso, confessou a morte e a ocultação de cadáver, mas negou o estupro.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Celso mantinha um relacionamento com a mãe da vítima e alegou ter matado o garoto porque a companheira teria falado em separação.

De acordo com o delegado Artur Guimarães, a polícia tinha indícios do estupro, mas era preciso o laudo para confirmar. O padrasto da vítima vai ser indiciado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro de vulnerável.

Fonte G1 Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *