Home / Noticias / Jacareí / JTU corta desconto na passagem de ônibus para professores em Jacareí, SP

JTU corta desconto na passagem de ônibus para professores em Jacareí, SP

Medida atinge os professores da rede estadual. Categoria reclama que não foi avisada da suspensão e prefeitura diz que decisão da empresa foi unilateral. Concessionária não comentou o assunto.

 

Por G1 Vale do Paraíba e Região

Ônibus em Jacareí (Foto: Alex Brito/Prefeitura de Jacareí)

Ônibus em Jacareí (Foto: Alex Brito/Prefeitura de Jacareí)

Os professores da rede estadual de ensino de Jacareí (SP) tiveram o desconto de 50% na passagem de ônibus cortado pela empresa responsável pelo transporte coletivo na cidade. A decisão da operadora considera que o decreto municipal de 2010 que prevê que apenas estudantes recebam o desconto. O sindicato reclama que a categoria não foi avisada que o benefício seria suspenso. A prefeitura informou que notificou a JTU. (leia mais abaixo)

A prefeitura informou que o desconto sempre foi oferecido pela empresa e que a administração nunca foi informada pela JTU sobre dificuldades ou impacto financeiro que justifiquem o corte. O governo disse que notificou a empresa para que retome o atendimento aos professores enquanto uma solução definitiva é estudada. A tarifa de ônibus custa R$ 4,10 em Jacareí.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) reclama que a categoria que não foi avisada da mudança. Segundo o diretor da entidade, Roberto Mendes, metade do efetivo da rede estadual na cidade depende exclusivamente do transporte coletivo. A rede conta com 1.069 professores em Jacareí, segundo a Secretaria Estadual da Educação.

“Consideramos que eles têm direito a essa passagem para trabalhar. O salário do professor é baixo, muitos trabalham em mais de um turno e vão ter que gastar muito mais. Consideramos muito ruim esse corte, vai mexer muito com o orçamento dos professores”, afirmou.

Os professores descobriram que não teriam mais o desconto no começo deste ano, quando foram renovar o benefício antes do volta às aulas.

“Eu sou professora há 15 anos e sempre teve esse desconto. Às vezes preciso de quatro passes por dia dependendo da quantidade de aulas. Sem esse desconto, vai impactar muito na minha vida e na vida dos outros professores porque o valor que o Estado dá é simbólico”, reclamou uma professora que preferiu não ser identificada.

Lei

Uma lei municipal de 2005 e um decreto de 2010, que tratam de benefícios tarifários em Jacareí, excluem os professores do desconto de 50% ao qual os estudantes têm direito. Apesar disso, o benefício vinha sendo concedido nos últimos anos.

Sobre a mudança, a Secretaria de Educação do Estado informou em nota que os professores já recebem o benefício do auxílio-transporte, pago de acordo com os dias efetivamente trabalhados.

O benefício corresponde ao valor de uma passagem por dia de trabalho – o valor pago atualmente cobre apenas um trajeto (ida ou volta) e há professores na rede que atuam em mais de uma escola sem adicional ao custeio de transporte.

Governo

Após polêmica, o prefeito de Jacareí, Izaias Santana (SP), disse em uma rede social nesta terça-feira (22) que a JTU suspendeu unilateralmente o benefício, por não estar previsto na lei.

Ele afirmou que os professores se valiam do benefício do desconto por alegarem insuficiência nos valores repassados pelo Estado.

O tucano disse também que a solução definitiva ao problema depende de um projeto de lei para complementar o valor do vale-transporte dos educadores da rede estadual. Não há prazo.

Outro lado

A JTU preferiu não se manifestar sobre o assunto.

Compartilhar:

Você pode Gostar de:

Denarc e PRF apreendem droga que saiu de Foz e seria levada a São Paulo

Da redação | Balsa Nova | Publicado em 29 de novembro de 2018.   (Foto: Colaboração Catve.com) Um homem de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display