O jovem de 26 anos, Leonardo Henrique Machado Martins, foi preso acusado de ter matado seus pais em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. O Crime aconteceu no último domingo (8), o casal assassinado era Ademir José Martins, de 61 anos, e Silvia Suzete Machado Martins, de 51, que foi atacado pelo próprio filho, que logo após o crime tentou simular uma invasão.

Segundo informações fornecidas pela#Polícia Militar, o jovem teria ligado para o corpo de bombeiros informando que a casa havia sido incendiada, após arrombamento. Quando as equipes chegaram ao local o casal já estava morto. O corpo do pai estava na sala, e o da mãe caído no banheiro. No chão da sala próximo ao corpo do Sr Ademir tinha uma machadinha. A equipe do corpo de bombeiros desconfiou e chamou a polícia.

Leonardo tinha um pequeno corte na perna, e contou para os agentes de resgate que um homem teria invadido a casa, esfaqueado todo mundo e em seguida colocado fogo no carro da família, fugindo em seguida.

 A polícia levou o suspeito para prestar depoimento, inicialmente na delegacia contou a mesma versão dada aos bombeiros, porém no decorrer do depoimento entrou em contradição algumas vezes. E pressionado a falar a verdade, o jovem confessou que teria assassinado os pais. Ele teria arrombado a porta da casa da família para simular uma invasão. Leonardo assassino confesso de seus próprios pais, foi transferido da delegacia de Franco da Rocha, onde o caso foi registrado, para a delegacia de Cajamar.

Em uma revista na casa da família foi encontrado dois pinos de cocaína. O Jovem não possuía nenhuma passagem pela polícia.

Nesta segunda-feira (9), Leonardo passou por uma audiência de custódia, no Fórum da cidade de Jundiaí, para que logo após fosse encaminhado para o Centro de Detenção Provisória, onde ficará a disposição da justiça. A motivação para o crime ainda não foi divulgada.

A polícia segue investigando o caso, e ira ouvir familiares e vizinhos da vítima para saber como era a convivência do rapaz com os pais. O crime chocou moradores da cidade, principalmente nesses casos em que o autor do crime é o próprio filho.

Possivelmente maiores informações sobre este crime bárbaro ainda serão divulgadas, até o momento do fechamento desta matéria nenhuma nova informação foi divulgada.