Hospital atende quase 50 funcionários da Chery com suspeita de intoxicação alimentar

Caso aconteceu após almoço dos trabalhadores nesta quarta-feira (19) na fábrica de Jacareí (SP). Hospital Policlin informou que fez 49 atendimentos de funcionários da fábrica com sintomas de náuseas e diarreia.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

19/12/2018


Quase 50 funcionários da montadora Caoa Chery foram levados para hospital por passarem mal após o almoço — Foto: Divulgação/Chery

Quase 50 funcionários da montadora Caoa Chery foram levados para hospital por passarem mal após o almoço — Foto: Divulgação/Chery

Quase 50 funcionários da montadora Caoa Chery foram levados nesta quarta-feira (19) para um hospital por passarem mal após o almoço servido no refeitório da fábrica em Jacareí (SP). O hospital Policlin informou que fez 49 atendimentos de funcionários da fábrica com sintomas de náuseas e diarreia.

A Vigilância Sanitária do município informou que foi acionada pelo hospital e que duas equipes atuaram no caso, que ocorreu por volta das 11h. Uma equipe recolheu materiais para coleta e auxílio do hospital e outra equipe foi enviada para a fábrica para recolher amostras da alimentação servida nesta terça-feira e quarta-feira.

A comida é servida por um restaurante terceirizado e não houve interdição da fábrica. Segundo o hospital, todos foram atendidos e receberam alta.

O que dizem empresa e restaurante

Procurado pela reportagem, o proprietário do restaurante DomRubi disse que foi notificado pela empresa e que esteve no local para acompanhar o trabalho da Vigilância Sanitária.

Ele informou também que amostras da comida servida foram encaminhadas para análise e aguarda o resultado para tomar as ações devidas.

Em nota a Caoa Chery confirmou que funcionários passaram mal na unidade de Jacareí e que foram encaminhados ao hospital pelas equipes de serviços médicos que atuam na fábrica.

A causa da indisposição está sendo investigada e a Caoa Chery informou que segue acompanhando o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *