Home / Brasil / Garota que ficou à deriva em praia de SP fala sobre resgate: ‘PM foi o herói’

Garota que ficou à deriva em praia de SP fala sobre resgate: ‘PM foi o herói’

Turista realizava sonho de andar de moto aquática quando sofreu acidente.
Jovem de 18 anos ficou à deriva e diz que chegou a pensar que morreria.

Do G1 Santos

Eu havia perdido totalmente a esperança. Achava que não havia mais jeito porque já estava na água há muito tempo”. O depoimento é da jovem Vanessa Oliveira Santos, de 18 anos. Ela, que é moradora de São Paulo, realizava o sonho de andar, pela primeira vez, em uma moto aquática. O passeio acontecia em São Vicente, no litoral de São Paulo, na noite deste domingo (29), quando ela e o piloto sofreram um acidente e ficaram à deriva em alto mar.

Vanessa passava o fim de semana na casa de familiares. Já ao anoitecer, ela viu um rapaz andando com a moto no mar e pediu para dar uma volta. Como a garota disse que se tratava de um sonho, familiares registraram, em vídeo, os primeiros momentos da jovem em cima do veículo. Alguns minutos depois, porém, ambos caíram do equipamento, que se distanciou, e ficaram à deriva em alto mar esperando o resgate, que demorou para chegar.

“Fechei os olhos e pedi para Deus me dar uma saída. Algum tempo depois eu ouvi o barulho de algo que se aproximava. O piloto me pediu para manter a calma e avisou que tinham encontrado a gente. Foi quando eu vi o policial em cima de mim e, sem pensar duas vezes, ele pulou e me ajudou. Foi um belo trabalho. Ele foi um herói”, disse Vanessa. Segundo testemunhas, poucas pessoas notaram o acidente já que a região estava bastante escura.

Jovem tinha o sonho de passear de moto aquática (Foto: Arquivo Pessoal)Jovem tinha o sonho de passear de moto aquática (Foto: Arquivo Pessoal)

O ‘herói’ de Vanessa foi o soldado Luis Carlos Couto. Mas ele não foi o primeiro policial a participar do resgate. O Tenente Robson André Gonçalves da Polícia Militar, fazia ronda na subida da Ilha Porchat quando foi alertado pela população sobre o acidente. Em seguida, uma equipe de policiais da Rocam que patrulhavam a orla de moto ouviram as informações do oficial no rádio e foram até lá dar apoio. O Tenente orientou alguns os policiais da Rocam a buscar ajuda com pessoas que estavam em duas embarcações ancoradas próxima a praia dos Milionários.

Por causa da distância dos barcos com a praia não foi possível se comunicar com quem estava no mar. Foi neste momento que o soldado Couto resolveu tirar a farda e entrar no mar, sem nenhum equipamento de segurança, para pedir uma carona a fim de conseguir chegar até o local onde estavam as vítimas. Ao chegar lá ele pulou na água e conseguiu salvar Vanessa e o piloto.

“Na hora não passa nada pela cabeça. A gente vai pela emoção. O mar estava mexido. Tirei as pessoas bem rápido. Coloquei eles em uma embarcação e fomos em direção à praia. O nosso lema na corporação é proteger e salvar vidas. Se possível, a gente dá a nossa para poder salvar a da pessoa”, finaliza Couto.

Familiares tiraram fotos antes do acidente acontecer (Foto: Arquivo Pessoal)Familiares tiraram fotos antes do acidente acontecer (Foto: Arquivo Pessoal)

Compartilhar:

Você pode Gostar de:

20 pessoas são presas e quatro são mortas em operação policial contra tráfico de drogas na Bahia e Sergipe

Por Jéssica / 09/11/2018 Pelo menos 20 pessoas haviam sido presas e quatro haviam sido mortas em confronto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display