Home / Baep / Dois são mortos após troca de tiros com a PM na zona leste de São José

Dois são mortos após troca de tiros com a PM na zona leste de São José

Homem e adolescente tinham roubado o carro de um casal na região. Após ação, moradores reclamam que bairros amanheceram sem ônibus.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

Polícia apreendeu duas armas com o homem e o adolescente envolvidos na troca de tiros (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Polícia apreendeu duas armas com o homem e o adolescente envolvidos na troca de tiros (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem de 32 anos e um adolescente morreram em uma troca de tiros com a Polícia Militar depois de um roubarem um carro na noite desta sexta-feira (19) na zona leste de São José dos Campos.

Segundo a Polícia Civil, os dois estavam armados e abordaram um casal anunciando o assalto. Eles fugiram levando a caminhonete.

As vítimas acionaram a Polícia Militar que fez buscas na região. Cerca de 40 minutos depois, uma viatura do Batalhão de Ações Especiais (Baep) encontrou a dupla e iniciou uma perseguição.

Houve troca de tiros e no bairro Jardim São José II os dois abandonaram o veículo e tentaram a fuga a pé por uma área de mata. Na perseguição, eles trocaram tiros com a PM e foram baleados. O homem de 32 anos levou três tiros e o adolescente foi atingido por um tiro. Os dois não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

A perícia esteve no local e os corpos estão sendo encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). Nenhum policial se feriu na ação.

De acordo com a polícia, o veículo roubado e duas armas foram apreendidas.

Transporte coletivo

Após a ação, os moradores reclamam que o bairro amanheceu sem ônibus. No início do mês os moradores também ficaram sem ônibusdepois que um coletivo foi alvo de um incêndio em protesto pela morte de um jovem de 20 anos em uma ação da PM.

O segurança José Aparecido Lourenço, 50 anos, é morador do bairro e conta que, sem o transporte no local, os moradores têm que caminhar cerca de três quilômetros para pegar o coletivo.

“Quem paga somos nós? Preciso trabalhar e outras pessoas também e estamos privados do nosso direito de ir e vir. A segurança está por nós, não?”, comenta.

No dia 4 de agosto, segundo a polícia, um homem teria roubado pessoas que estavam em um ponto de ônibus no início da madrugada. Durante a perseguição, houve troca de tiros e ele terminou morto.

Horas depois, moradores do bairro Jardim São José II incendiaram um ônibus em protesto pela morte do jovem. Por causa da ação, a prefeitura suspendeu o transporte na região por segurança. Foram cerca de quatro dias sem o transporte.

Neste sábado (19), a Bus Vale, que opera os ônibus na cidade, disse a restrição de circulação foi um pedido da prefeitura.

A reportagem do G1 procurou a administração para saber o motivo da suspensão e até quando eles devem permanecer sem circular pelo bairro, mas aguardava o retorno até a publicação da reportagem.

Você pode Gostar de:

Trio suspeito de assaltos a motoristas na Dutra é detido em Jacareí

Suspeitos foram abordados pela polícia em um acesso ao bairro Chácaras Santana.   Por G1 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display