Home / Vídeos / Matérias Policiais / Dois indivíduos são detidos com réplica de pistola no Aquarius

Dois indivíduos são detidos com réplica de pistola no Aquarius

já que portar simulacro de arma de fogo não encontra amparo no Código Penal brasileiro.

A dupla foi conduzida ao DP e liberada, mesmo confessando que procuravam potenciais vítimas, já que portar simulacro de arma não é crime; caso ocorreu na última sexta-feira (8)
Policiais Militares da Rádio Patrulha, responsáveis pelo patrulhamento do Jd. Aquarius suspeitaram da atitude de dois indivíduos que caminhavam pela Rua Juiz David Barrilli na última sexta-feira (8). Ao efetuarem a abordagem, os policiais constataram que um deles estava armado com uma réplica perfeita de pistola. Ao indagá-los, os suspeitos informaram que estavam à procura de potenciais vítimas.
Ambos moram no bairro Pinheirinho dos Palmares, conjunto habitacional criado após a desativação da Favela do Pinheirinho. A dupla foi conduzida ao DP, ouvida e liberada, já que portar simulacro de arma de fogo não encontra amparo no Código Penal brasileiro. A réplica foi apreendida.

Arma de brinquedo

As armas de brinquedo, simulacros ou réplicas não constituem armas de fogo, de modo que o seu porte não está abrangido na figura penal. Na Lei 10.826/03 não foi repetido o crime do art. 10º, par. 1º, II da lei 9437/97, que punia com detenção de um a dois anos, e multa, quem utilizasse arma de brinquedo ou simulacro de arma capaz de atemorizar outrem, para o fim de cometer crimes. Houve, portanto, abolitio criminis em relação a tais condutas. O Estatuto do Desarmamento se limita no artigo 26 a proibir a fabricação, a venda, a comercialização a importação de brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo, que possam com essas se confundir, exceto para instrução, adestramento ou coleção, desde que autorizados pelo comando do exército.

Por: Leo Nascimento

Você pode Gostar de:

GC´s de SjC Apreende Várias Porções de Drogas na Estrada do Imperador na Zona Sul.

Os bandidos arremessaram pedras que veio a danificar o vidro traseiro da viatura. As equipes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display