Home / Brasil / Delegada negocia rendição do Dr. Bumbum com defesa de médico

Delegada negocia rendição do Dr. Bumbum com defesa de médico

Laudo da morte de bancária deve sair nesta quinta-feira (19). Pelo menos 10 testemunhas foram ouvidas.

 

Por Bruno Albernaz e Fernanda Rouvenat, G1 Rio

Disque Denúncia divulga cartaz com foto de médico procurado (Foto: Divulgação )

Disque Denúncia divulga cartaz com foto de médico procurado (Foto: Divulgação )

Delegada da 16ª DP (Barra da Tijuca), Adriana Belém confirmou, na manhã desta quinta-feira (19), que está negociando com a defesa de Denis Cesar Barros, o Dr. Bumbum, para que ele se entregue.

Às 11h, um novo advogado chegou à delegacia. “Até por uma questão óbvia, eu não vou me encontrar com ele. Mas existe uma pessoa que está tentando em contato com ele para ele se apresentar. Ele vai se apresentar. Entre hoje e amanhã ele vai se apresentar”, disse Marcus Cézar Braga.

Braga esclareceu que ainda não foi constituído como defensor. “Vou falar em nome dele assim que eu receber uma procuração. Até o presente momento, o que me consta, embora eu tenha obtido essa informação através da autoridade policial, o colega que o patrocinava parece que declinou”, ressaltou.

“Ele ficou muito amedrontado porque houve um incidente com ele. Ele deixou de se apresentar a polícia, segundo ele me relatou, ele teria sido vítima de um atentado. E esse teria sido motivo que ele se escusou de se apresentar à autoridade policial”, acrescentou.

Advogado Marcus Cézar Braga chega à 16ª DP (Barra) (Foto: Bruno Albernaz/G1)

Advogado Marcus Cézar Braga chega à 16ª DP (Barra) (Foto: Bruno Albernaz/G1)

Denis e a mãe, Maria de Fátima, foram indiciados pela morte da bancária Lilian Calixto, no domingo (15). Ela passou mal durante procedimento estético na cobertura do médico, na Barra da Tijuca.

Questionada sobre o paradeiro dele, a delegada Adriana Belém afirmou: “Se eu soubesse disso, ele estaria preso. A gente está buscando. Recebemos várias denúncias e estamos apurando todas elas.”

“Se ele não se entregar, eu prendo de qualquer jeito. Preso, ele vai ser”.

Ainda de acordo com a delegada, mais três pessoas prestaram depoimento nesta quarta-feira (18) sobre os procedimentos que ele usava. As testemunhas devem ser chamadas para depor novamente. Ao todo, mais de 10 já foram ouvidas. O laudo da necropsia deve sair nesta quinta.

“Nós estamos, nesse momento, com equipes na rua. Podemos ter novidade a qualquer momento”, explicou a delegada.

Você pode Gostar de:

Dupla agride funcionários e depreda posto de saúde na zona sul de São José

Prefeitura diz que dupla se revoltou após constatação da morte de paciente com overdose.   …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display