Home / Brasil / Criança de 6 anos tem órgãos internos dilacerados após ser violentada pelo tio, veja

Criança de 6 anos tem órgãos internos dilacerados após ser violentada pelo tio, veja

Segundo informações da polícia, o acusado arrastou a vítima para um matagal e cometeu o crime.

A Polícia está investigando um caso bárbaro de violência sexual contra uma criança que aconteceu na noite de domingo (6). O caso foi registrado no bairro Jardim das Palmeiras, em Várzea Grande (MT). O principal suspeito de ter cometido o crime é tio da menina e está foragido.

A vítima, que tem apenas 6 anos, teve os órgãos internos dilacerados durante os abusos e está internada em estado grave. As primeiras investigações feitas pela polícia apontaram que a vítima foi arrastada à força pelo suspeito até um matagal perto da casa dela.

No local, a menina foi brutalmente violentada pelo tio. De acordo com a polícia, durante os abusos, a menina desmaiou e o suspeito pensou que ela havia morrido.

Ele deixou a vítima no matagal e fugiu do local, tomando rumo ignorado.

Porém, algum tempo depois a garotinha acordou, conseguiu ir se arrastando até a sua casa e contou para seus pais o que tinha acontecido. A menina foi socorrida e levada às pressas para um pronto-socorro da cidade, onde ficou internada.

Porém, devido às gravidades dos ferimentos a menina teve que ser transferida para outro hospital de Várzea Grande. Conforme relatos da direção da unidade médica, ela teve um pedaço de madeira introduzido nas partes íntimas, causando dilaceramento e teve os órgãos internos rompidos. A polícia foi acionada pelos pais da menina. Uma ronda foi feita na localidade atrás do suspeito, mas os policiais não tiveram sucesso nas buscas.

Um boletim de ocorrência foi registrado contra o acusado e o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Defesa dos Diretos da Criança e do Adolescente (Deddica).

Outro caso de violência sexual contra uma criança

Um garoto de 15 anos recentemente violentou uma menina de 5 anos depois de atraí-la com chocolates na cidade de Andhra Pradesh, na Índia. O abuso ocorreu na aldeia Tetali, perto de Tanuku no distrito de West Godavari, na sexta-feira (4). Segundo informações, três amigos do acusado também participaram do crime.

O principal acusado atraiu a criança para um prédio escolar oferecendo-lhe chocolates. [VIDEO] Ele, então, a levou para um banheiro e cometeu o crime. Seus amigos ajudaram-no, montando guarda na porta. O ataque sexual veio à tona quando os pais da vítima viram que a menina estava sangrando.

Quando eles a questionaram, ela narrou o ataque. Os familiares da vítima apresentaram imediatamente uma queixa policial, após a qual os meninos acusados foram identificados e apreendidos. O caso está sendo investigado.

 

Você pode Gostar de:

Paraná registra mais três mortes por gripe em 2018

Daniela Borsuk | Publicado em 15 de agosto de 2018 (Foto: Pedro Ribas/SMCS) Desde o último Boletim da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display