Home / Matérias Policiais / Catadora encontra feto abandonado em caixa de papelão em Guaratinguetá

Catadora encontra feto abandonado em caixa de papelão em Guaratinguetá

Caso foi registrado pela polícia como morte suspeita e será investigado para saber se foi aborto ou se já estava morto.

Por G1 Vale do Paraíba e região

Caixa com o feto estava na calçada entre lixeira e poste (Foto: Pedro Melo/TV Vanguarda)

Caixa com o feto estava na calçada entre lixeira e poste (Foto: Pedro Melo/TV Vanguarda)

Por volta das 10h30, a catadora Adriana Amaral Siqueira passou pela rua Coronel Pires Barbosa, no bairro Campo do Galvão, e recolheu uma caixa de papelão que estava entre uma lixeira e um poste. Ela colocou a caixa em um carrinho de bebê que usa para carregar os materiais reciclados e voltou para a casa.

Quando abriu a caixa, percebeu que dentro tinha uma sacola plástica com o feto. No início, ela achou que era carne que tinha sido jogado fora. “Eu sou mãe, me assustei quando percebi o que era e fui correndo contar para o meu marido. Eu sou catadora de reciclagem, tive três filhos e mesmo com toda dificuldade não abandonei nenhum”, contou, emocionada.

Investigação

A polícia foi acionada e a perícia foi até o local onde a criança foi encontrada. O corpo foi encaminhado para o IML da cidade. “Nós estamos registrando o Boletim de Ocorrência como morte suspeita porque dependemos do laudo do IML para saber se é aborto ou se nasceu com vida”, explicou o delegado Benedito Carlos Martins.

A polícia ainda conta com imagens de câmeras de segurança, que devem ajudar a identificar quem abandonou o bebê no local.

Você pode Gostar de:

PRF RECUPERA CARRETA E CARGA NA VIA DUTRA E UM HOMEM É PRESO NA AÇÃO

A carreta que continha mercadoria não mencionada na nota fiscal foi encaminhada á Receita Federal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Banner to display